Aikido Journal Home » Articles » Acordo com a Totalidade do Universo Aiki News Japan

Acordo com a Totalidade do Universo

por Morihei Ueshiba

Aiki News #56 (July 1983)

Traduzido por Christiaan Oyens

Este artigo foi preparado graças a assistência de Joe Sgambellone.

A estrada para a reconstrução, servindo as pessoas hoje fisicamente debilitadas, reside no Aikido. Isto é uma verdade nobre que descende do (Universo do) Céu e da Terra. Aikido é o budo (arte marcial) que abre o caminho para a harmonia; é aquilo que se fixa na raiz do grande espírito da reunificação em toda a criação manifestada.

O Grande Universo incorpora todas as forças e poderes (lit., “a alma singular, os quatro espíritos, as três origens e os oito poderes”) e deles surgiram as origens da força de vida humana. O universo e a humanidade representam um único corpo. Porém, enquanto na humanidade existe a capacidade de se unificar com o universo, o fato de ela ser incapaz de efetuar esta união a condena a sua condição infeliz. Quando uma pessoa está perante um altar e reza suas preces silenciosas, isto não leva a qualquer outro propósito que não seja o dela se unificar como a divindade.

A linda forma do Universo do Céu e da Terra se tornou uma família criada pelo Senhor.

Este mundo e toda a grandeza da Mãe Natureza formam uma unidade. Nesta unidade não há nada que defina um inimigo, nem tampouco que reconheça um amigo. Devemos esperar por ambientes pacíficos e agradáveis onde o combate tenha sido esquecido.

O Universo em si, tudo que seja manifestado pela Mãe Natureza, pode ser chamado de “uma Cristalização da Sabedoria” ou “Obra Unificada do Amor”.

O papel da Humanidade é de realizar o seu propósito celestial através de um coração sincero que está em harmonia com toda a criação e pelo amor de todas as coisas.

Trinta anos atrás, o meu corpo era extremamente fraco. Naquela época eu nutria um sonho. Neste sonho eu desejava ser o homem mais forte de todo o Japão – não, mais do que isso, do mundo inteiro! Eu decidi que me tornaria possuidor de uma força marcial inigualável. Por causa deste sonho eu treinei de arduamente. Um dia um senhor da marinha me desafiou, ele alegava ser um 7º dan na arte do Kendô. Estranhamente, enquanto o encarava senti como se o meu corpo fosse envolto por um brilho reluzente e atingi a vitória sem o menor esforço.

Porém, logo após, senti a vaidade crescer em mim, e enquanto caminhava pelo jardim senti que o universo me banhava com inúmeros fios dourados. Então, uma luz dourada subia da terra para me cobrir. Eventualmente senti que o meu corpo se transformou numa massa dourada que se expandia a proporções universais. Aí senti que os deuses estavam me repreendendo pelo meu orgulho exagerado e chorei lágrimas de gratidão.

No passado, existiram muitos artistas superlativos de artes marciais, mas não devemos esquecer que um grande número deles sucumbiram no campo de batalha deste mundo material simplesmente por falta de treino adequado no verdadeiro espírito do budô, no amor sincero e na árdua batalha que travamos com nós mesmos.

Portanto, ao absorver o princípio do espírito Universal e ao receber o ki do céu e da terra; quando unifiquei este corpo humano, eu compreendi a sutil profundidade do Aikido que manifesta tanto poder, e atingi o principio da unidade com o Universo.

(The full article is available for subscribers.)

Subscription Required

To read this article in its entirety please login below or if you are not a subscriber click here to subscribe.

Username:
Password:
Remember my login information.